Arquivo para para os grandes

1º História em Caraguá…

Posted in Caraguatatuba, Contação de histórias, Evento with tags , , , , , on março 22, 2010 by contarestorias

Maravilha!!!
Em apenas quatro dias em Caraguá eu fiz contato (amizade) com a Tânia. Ela é dona do Café+Livraria+boutique “LALURE”, um espaço que tem o sugestivo slogan: “Apaixone-se você também.”

Conheci ela e o seu aconchegante café na quinta-feira e no sábado seguinte lá estava contando histórias e estória no BINGO que ela promoveu. (quase ganhei uma bicicleta)

Por hora é só.
Mais pra frente eu volto com mais novidades e as fotos da contação de histórias no Café Lalure no dia do Bingo.

Até a próxima…

Agradecendo quem merece!

Posted in Agradecimentos with tags , , , , , , on fevereiro 23, 2010 by contarestorias

Olá pessoal,

Contar histórias é uma atividade que permite que façamos muitos amigos. Meu último amigo e quem quero agradecer muito é o Paulo da Livraria Catedral (Limeira-Centro).

Esse grande sujeito, abriu as portas da Livraria e recebeu com muito carinho e incentivo as Sessões de Contação de Histórias que aconteceram nesse começo de ano.

As pessoas que lá compareceram puderam curtir nossas histórias em um espaço aconchegante e muito bonito.

Limeira merece e precisa de lugares como a Livraria Catedral e de sujeitos como o Paulo.

Arte, cultura e encontro.

Obrigado Paulo.
Obrigado equipe da Livraria Catedral.

Rua Senador Vergueiro, 993 – loja 1 Edifício Delmond – Fone: 3451-9107

myspace.com/contadordeestorias

Posted in Contação de histórias, Referências with tags , , , , on fevereiro 14, 2010 by contarestorias

Já dizia Amyr Klink.

Posted in artigos, Referências with tags on fevereiro 7, 2010 by contarestorias

“… um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus próprios olhos e pés, para entender então o que é seu. (…) Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como imaginamos e não simplesmente como ele é ou pode ser. Essa arrogância que nos faz professores e doutores do que não vimos e não sabemos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir e ver”.

Sexta tem história!

Posted in Contação de histórias, Evento with tags , , , , on janeiro 8, 2010 by contarestorias